sábado, 14 de janeiro de 2017

sábado, 7 de janeiro de 2017

Um ano com Clarice #1: Amor

Um ano com Clarice #1: Amor - Errata: Ana andou em um bonde, não um ônibus. Desculpem pelo erro na fala. Ignorem o fato de eu estar irritada com o calor e aproveitem o vídeo

January 7, 2017 at 04:00PM

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

[Resenha] Vidas Secas, de Graciliano Ramos | Projeto USP 2017


"Vidas secas" é um livro. Uma dessas coisas cheia de papel. Quem escreveu esse negócio foi um tal de Graciliano Ramos, um senhor igual o Seu Tomás da bolandeira. Esse Seu Graciliano é cheio de palavras e conseguia falar bonito com as pessoas. Até por favor ele devia pedir, mas isso não é certo, tem que mandar, não pedir favor.

Seu Graciliano da Vidas Secas deve ter uma cama boa. Igual aquela que Sinha Vitória quer. Sinha Vitória não aguenta mais dormir na cama de vara por causa de um nó que tem bem no meio dela. Eu e ela temos que dormir cada um de um lado, senão dói as costas.

Me disseram que Seu Graciliano estudou na escola do Modernismo. O que seria isso? Se o filho mais velho ouvisse essa palavra "Modernismo" ia achar mais bonita que "inferno", certeza. "Modernismo". Esse filho é um bicho curioso. Nem sabe falar, mas fica fazendo perguntas! Por isso que toma uns cascudos na cabeça e sai emburrado como um boi contrariado. Cascudo na cabeça também toma quem assiste ao vídeo e não se inscreve!

Esse Seu Youtubil deixa as coisas tão fáceis. É só clicar no botão de se inscrever. Não precisa de nada mais e ninguém vai pisar no seu pé e te botar na cadeia como fez o maldito soldado amarelo. Esse soldado deve estar lá, seco que nem o mandacarú em tempo de seca, procurando água no meio do sertão. Vontade de dar cabo nele, mas governo é governo.

Então, você aí, se inscreve. Escreve também um comentário para dizer o que você achou da seca nesse sertão e da Baleia, que Deus a tenha. I created this video with the YouTube Video Editor (http://www.youtube.com/editor)

January 5, 2017 at 12:00PM

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

[Resenha] O Cortiço, de Aluísio de Azevedo | Projeto USP 2017



Para quem assistiu ao vídeo de "Memórias póstumas de Brás Cubas", de Machado de Assis, já foi apresentado à escola literária do Realismo. Este livro, "O Cortiço", de Aluísio de Azevedo, é contemporâneo de Machado e tão bom quanto (senão melhor?).

Publicado em 1890, "O Cortiço" faz parte do Naturalismo. Ué... não era realismo, Alex? Sim e não. O ano de 1881 foi marcado tanto pelo surgimento do Realismo quanto do Naturalismo. Este teve como marco inicial na literatura brasileira a obra "O Mulato", também do Azevedo. A USP, no entanto, cobra "O Cortiço" em sua leitura obrigatória e é fácil de entender o porquê.

No vídeo eu li um trecho de meus estudos sobre a escola literária e naquele texto foi dito como o Naturalismo explora os vícios e os defeitos do homem, reduzindo este ao seu caráter animalesco. "O Cortiço" é isso e muito mais! A coletividade está presente assim como as análises psicológicas, a influência do meio no indivíduo e muito, muito mais!

O final, gente, é SENSACIONAL e muito marcante. Mas não é só o final não que é marcante: o "fim" de Pombinha também é genial!!!! Você já leu "O Cortiço" e lembra como foi o fim que Aluísio de Azevedo deu para essa "florzinha" doce e inocente???? Se sim, o que você achou? Te surpreendeu também? Genial, não é? A crítica feita a sociedade carioca do final do século XIX é muito ferrenha.

A visão que o autor tem do que é ser brasileiro pode até irritar um pouco, mas será que ela é exagerada? Como mencionado no vídeo, o Naturalismo é caracterizado por uma visão de "fora para dentro", ou seja, o meio influenciando o homem - e é justamente isso que veremos ao longo de quase todo o livro. Concorda? Assim como "Memórias póstumas...", de Machado, "O Cortiço" de Azevedo é uma leitura essencial para aquelas pessoas que gostam de enxergar a sociedade sem a fantasia e as cores em tons pastéis do romantismo.

Portanto: LEIA!!!!!! E depois me diga o que você achou, combinado?

 I created this video with the YouTube Video Editor (http://www.youtube.com/editor)

January 4, 2017 at 12:00PM

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

[Resenha] Memórias póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis | Projeto USP 2017



O vídeo de hoje é "quase" a autobiografia de "Um morto muito louco!", muito inconstante, muito rabugento? Não... é "Memórias póstumas de Brás Cubas", de Machado de Assis. O livro, publicado em 1881 é o marco inicial do Realismo brasileiro. Talvez ele é O realismo brasileiro em uma só obra? Talvez.

Inédito para a época, Machado de Assis cria um autor defunto para contar sua história. Porém, este livro não é apenas uma história, é uma crítica muito eficaz das instituições burguesas como o casamento, e também da sociedade carioca daquele século XIX. Essa escola literária é marcada pelas suas análises psicológicas. Seus autores enxergam o indivíduo e a sociedade de "dentro para fora" - diferente do Naturalismo, como você poderá ver no vídeo de "O Cortiço", de Aluísio de Azevedo.

Para quem não é vestibulando e gosta de literatura nacional, a indicação é muito válida. Se você é assim como eu, que gosta de ler clássicos para enxergar a sociedade de uma determinada época, você vai AMAR! A história é muito envolvente e você não vai querer parar de ler para saber o que aconteceu até o momento da morte de Brás Cubas - por isso o livro é genial.

É isso! Uma breve descrição do livro feita, assista ao vídeo completo para saber mais sobre Machado, o Realismo e sobre o Morto muito doido. =P

Criei este vídeo com o Editor de vídeos do YouTube (http://www.youtube.com/editor)

January 3, 2017 at 12:00PM

domingo, 1 de janeiro de 2017

[Resenha] Iracema José de Alencar | Projeto USP 2017

[Resenha] Iracema José de Alencar | Projeto USP 2017 Iracema, de José de Alencar. Edição da editora Ática, de 1998! Essa edição tem uma biografia muito boa do autor que dá detalhes não só sobre as obras de Alencar, como também o contexto histórico do Brasil no começo do século XIX. O livro é chato de ler por conta de sua linguagem. A história lembra muito o desenho da Disney, Pocahontas (1995). MUITO MESMO! Afinal, que país do continente americano não sofreu com a dizimação dos índios pelos colonos? Este tema, específico não aparece em Iracema, mas quando o autor fez a obra a situação dos povos indígenas já não era a das melhores por aqui. A questão reforça o caráter "romântico" da obra porque Alencar optou por não "datar" a história, ou seja, ela não se passa no século XIX, mas muito antes quando os índios ainda eram senhoras das terras. Embora a linguagem seja muito complicada, é muito importante ler o livro por conta de seu papel fundamental na literatura brasileira. Nesta questão entra, como falado no vídeo, a construção da identidade nacional naquela época de independência de Portugal. Portanto: não deixe de ler; aguenta que é importante! kkkkkk

January 1, 2017 at 08:12PM

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

[Resenha] Mayombe - Pepetela | Projeto USP 2017!

[Resenha] Mayombe - Pepetela | Projeto USP 2017! || Estou com problemas na edição. Este é o segundo vídeo que fica com o final cortado. Me desculpem. Vou corrigir esse problema logo! || O livro Mayombe, de Pepetela, representa uma fase da Guerra de Independência de Angola. Como o próprio autor diz, a história retrata o processo de construção da identidade nacional angolana, ora atrapalhada pelas questões tribalistas, ora beneficiada pela adesão popular à causa. No geral é um livro que deve transcender o vestibular para ser estudado em qualquer curso ou aula de história e/ou economia, principalmente quando o assunto é colonialismo e imperialismo! Portanto, se você não é vestibulando e gosta de um livro muito colado com história e com a realidade (assim como eu), Mayombe é para você! Link para vídeo sobre Pepetela, programa Leituras do canal "Nova Angola": https://www.youtube.com/watch?v=SgSsuOBU7ZQ&t=228s

December 28, 2016 at 01:59PM

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

domingo, 25 de dezembro de 2016

[Resenha] Capitães da areia, de Jorge Amado | Projeto USP 2017

[Resenha] Capitães da areia, de Jorge Amado | Projeto USP 2017 Entrevista de Jorge Amado ao Vox Populi da TV Cultura: https://www.youtube.com/watch?v=JYDMnwN4vBI Algumas informações que anotei enquanto assistia á entrevista: Entrevista de Jorge Amado ao Vox Populi, programa da TV Cultura, em 1984. Ele estava lançando o livro "Tocaia Grande, a face obscura", naquele ano. Na entrevista, Amado comenta sobre como foi retomar o tema do sertão e, principalmente, a questão do "Cacau", nome do livro de 1933. Ele diz que quis marcar muito, através da escrita, a época em que o romance se desenrola. "Quis mostrar que enquanto os homens não estão sob o império das leis, de um poder assentado, eles podem ser felizes. Quando as coisas ainda são feitas dentro do respeito e do amor. Quando as coisas são feitas sem que ninguém mande em ninguém. Onde tudo nasce da vontade da vontade de viver em paz, de viver em alegria." Segundo ele, "Romance não é história, romance é recriação da vida. História é em geral falsificação da vida"

December 25, 2016 at 10:13PM

sábado, 24 de dezembro de 2016

TAG livros para 2017 + Projeto de leitura Marx e Engels

TAG livros para 2017 + Projeto de leitura Marx e Engels Se você quer ver apenas os livros da TAG, adiante o vídeo para o tempo 10:40!! O vídeo ficou GIGANTE por causa da lista gigante... se você assistiu TUDO, meu muito obrigado desde já! O "Projeto de leitura Marx e Engels" é uma iniciativa para ler, estudar, entender e refletir sobre as obras dos dois autores lançadas no Brasil pela editora Boitempo. Assista ao vídeo que eu explico bonitinho... Lista dos livros da TAG: JANEIRO (Ainda nos vestibulares...) Crítica da filosofia de Hegel (Marx) No longe dos gerais - Nelson Cruz Grandes Sertões Veredas - Guimarães Rosa * FEVEREIRO (Mês de mudanças!) Sobre a questão judaica (Marx) O orfanato para crianças peculiares da Srta Pilgreen * MARÇO (Mês da mulher: 8 mar) Manuscritos econômico-filosóficos (Marx) Segundo Sexo - Simone de Beauboir) We should all be feminists - Chimamanda Ngozi Adiche * ABRIL (Mentira?) A Sagrada Família (Marx e Engels) Raízes do Brasil - Sergio Buarque de Holanda) * MAIO (Mês do trabalhador: 1º de maio) A situação da classe trabalhadora na Inglaterra (Engels) O retrato de Dorian Gray - Oscar Wilde * JUNHO (Dia do orgulho gay: 28 jun) Sobre o suicídio (Marx) Eu – Ricky Martin Minha querida Sputinik – Murakami * JULHO (Fériaaaas) A ideologia alemã (Marx e Engels) 1Q84 – Murakami * AGOSTO (Mês que não acaba nunca) Manifesto comunista (Marx e Engels) Crime e Castigo - Dostoevski * SETEMBRO (Mês do Brasil: 7 set) As lutas de classe da Alemanha (Marx) O povo brasileiro – Darci Ribeiro * OUTUBRO (Mês da criança - 12 out) O 18 de Brumário de Luís Bonaparte (Marx) Pedagogia do Oprimido – Paulo Freyre * NOVEMBRO (Mês de aniversário) O socialismo jurídico (Engels e Kautsky) O Mundo de Sophia (Gaarder) * DEZEMBRO (Mês de dizer adeus aos meses) Lutas de classe da Alemanha (Marx e Engels) A Cerimônia do adeus (Beauvoir)

December 25, 2016 at 12:30AM

Gótico suave: TAG de Livros 2017

Gótico suave: TAG de Livros 2017 *LISTA DE LIVROS* Janeiro: Zé do Caixão: Maldito. A biografia Fevereiro: Entrevista com o vampiro Março: Entrevista com o vampiro: A história de Cláudia + Morte: edição definitiva Abril: As virgens suicidas Maio: A cerimônia do adeus Junho:O incolor Tsukuru Tazaki e seus anos de peregrinação Julho: A coisa (It) Agosto: Fausto (primeira parte) Setembro: O mundo de Sofia Outubro: O exorcista Novembro: O morro dos ventos uivantes Dezembro: Clarice: uma vida que se conta

December 25, 2016 at 12:30AM

TAG 12 livros para 2017 - Novidades, releituras e desencantamentos!

TAG 12 livros para 2017 - Novidades, releituras e desencantamentos! Olá, pessoal! Respondi a tag "12 livros pra 2017" :D !!! Lista de livros !!! Janeiro: Ensaio Sobre a Cegueira, José Saramago Fevereiro: Morte Súbita, J. K. Rowling Março: Coisas Frágeis vol. 1 e 2, Neil Gaiman Abril: Pétala Escarlate Flor Branca, Michel Faber Maio: Terra Sonâmbula, Mia Couto Junho: A Garota no Trem, Paula Hawkins Julho: Admirável Mundo Novo, Aldous Huxley Agosto: Neuromancer, William Gibson Setembro: Laranja Mecânica, Anthony Burgess Outubro: Kaputt, Guazzelli (adaptação para quadrinhos) Novembro: Crônicas de Nárnia, C. S. Lewis Dezembro: O Silmarillion, J. R. R. Tolkien Muito obrigada por assistirem!!

December 25, 2016 at 12:00AM