sábado, 14 de junho de 2008

Propangadas



Recebi um e-mail esses dias e demorei para abrí-lo. Achei que fosse besteira, por isso deixei para uma hora de ócio. No meio de toda essa correria do tcc resolvi para pos alguns intantes (que durou horas) e finalmente ver este e-mail. O nome dele é "Como deveriam ser as propagandas", enviado por uma amiga da faculdade, a Daniele. E não é que estava enganado quanto ao e-mail? Apesar de ser uma mensagem para descontrair ela vale uma reflexão.




E a parede de fogo hein? Jornalismo e propaganda travam um duelo diário por espaço e ideologias diferentes. As vezes andam juntas, de mãos dadas, aliança no dedo e dinheiro no bolso - caso das assessorias de imprensa. A ideologia do casal, as vezes um triângulo amoroso quando envolve relações públicas, é a ideologia do cliente, Deus lá em cima, o cliente na terra... ahuahuahu brincadeira (em partes...). Já na imprensa, primeiro a impressa, aprendi que é a publicidade que faz o jornal. Todo o esqueleto da publicação que você pega diariamente nas mãos sai de onde? da redação? nãaaaaaaaaao, da área comercial. Nós, jornalistas, só preenchemos o espaço. Aí vem aquele desafio de informar bem, com consisão, coesão e qualidade de conteúdo e textual. Um texto tem em média 2.000 toques, dependendo do assunto. Quando entei no jornal fiz um de 4.500, acho que foi isso... O editor (nunca lembro o cargo do Carlos Chinelatto - nem a grafia correta do nome dele pelo jeito... hehehe) olhou pra minha cara e disse: "Vai escrever um livro". Opa, um dia ainda escrevo, mas não, aquela era uma das primeiras matérias minhas.


"Muito grande?"


A jornalista que estava do lado dele, Mariele, olhou pra minha cara e disse "É", dando risada...


Aí é que aprendemos: você precisa informar o que aconteceu primeiro. Ta bom... aprendemos isso quando vimos o lead, mas e a ansiedade de relatar tudo detalhadamente, contextualizar e fornecer informações complementares ao leitor? Foi o que tentei fazer. Mas não... o jornal tem espaços certos, quadrados, colunados e retos. A bendita propaganda ditando até o quanto da informação vc vai poder passar ao seu leitor!

Depois desta pequena reflexão, vamos às imagens. Isso se eu conseguir colocá-las aqui! Vale ressaltar que a criatividade do ser humano (de alguns... outros passaram longe dessa fila) é ilimitada! Isso faz a diferença dos profissionais, aind mais na área de PP (Publicidade e Propaganda), acredito.


Lembro da Renata (Karam) quando vejo esse da Motorola... huahuahua

Não conheço ninguém que use pomada Pacu assado...

Um pouquinho de política, claro.
Isso por que eu disse, no post abaixo, que iria voltar em breve... não resisti ! ^^
Fiquem todos com Deus!
o[]o's e =****'s

2 comentários:

July Ambrosio disse...

Hello Lex... Hehehehe realmenpe PP e Jor é um caso sério...
Bem mas desavenças à parte como está o TCC??? eh neh eu sei bem como eh... Toh correndo com o TI...
mas tudo bem..
Bom vou ficando por aqui beijinhos

Mariele disse...

Adoreiiiiiiiiiii!!!!!!
Bjos